Tokyo Magnitude 8.0 – 01

Hummm… Potencial nesse anime tem, e fico inclinado a pensar que esse episódio foi necessário para criar uma certa empatia com a protagonista em relação a visão dela do mundo, mas também tenho medo que a maneira como dela agir em relação ao mundo a sua volta não melhore nos próximos episódios, o que não seria nada bom. Ela passou o episódio inteiro reclamando da vida e a apresentação mostra cenas para reforçar o ponto de vista dela, com pessoas ofensivas e intolerantes, incluindo seus pais. O terremoto em si, acontece só no final do episódio, e sinceramente, não faço a menor idéia de qual vai ser o tema central desse anime. Crescimento? Amadurecimento? A união faz a força?
A animação lembra muito Higashi no Eden por duas coisas. Character Design simples, com personagens desenhados com poucas linhas, parecendo até amador em certos pontos, mas, assim como em Higashi, os cenários tem um nível de detalhamento impressionante, com poucos deles em CG e a maioria usando um estilo de desenho quase fotográfico, nas estruturas e prédios. Falando em estilo fotográfico, a op mostra as imagens do que seria a cidade no pós-terremoto depois de alguns meses/anos usando desenhos em preto e branco, que serve bem para dar um clima interessante, se bem que não gostei muito da música, prefirindo mais a ed. A trilha sonora variou de passável a inexistente durante quase todo o episódio então não tenho muito o que comentar, a não ser uma cena em que eles supostamente estavam em uma feira, com pessoas andando de um lado pra outro, mas ficou um silêncio do caramba e só se ouvia os passos do menino, passos aliás que soavam mais como sapatos mas ele tava claramente de tênis.
Tokyo Magnitude 8.0 me lembra muito Mirai Nikki, pelo jeito que a Mirai, a personagem principal (coincidência?) passa a maior parte do tempo reclamando da vida e escrevendo no celular dela. Como não consigo ler as runas lunares, acredito que seja algo como um diário, assim como em Mirai Nikki. A garota adora reclamar da vida e das coisas que acontecem com ela, mas, pelo que foi retratado, ela não faz nada para mudar a situação, ficando só na reclamação.
Vou assistir mais um ou dois episódios desse anime pra ver qual o rumo que ele toma, mas não estou mais tão animado com ele como estava antes de começar.

OP – “Kimi no Uta (キミノウタ)” by abingdon boys school
Anúncios

~ por Sniperk em 10/07/2009.

2 Respostas to “Tokyo Magnitude 8.0 – 01”

  1. estava animado pra ver esse anime tbm,depois desse seu review eufiquei na duvida =/

    tbm to com isso na cabeça…sobre o q o anime vai ser,já q eu naum acho q vá ter um terremoto em todo o episodio o_o
    bom vo esperar mais um pouco antes de baixar!

  2. esse anime é muito bom, principalmente por que a meu ver abordou questoes como a relaçao entre pais e filhos, irmaos, solidariedade, amor ao proximo, e quanto a mirai, ela vai amadurecnedo ao longo da trama, a qual dramatica, emocionante e gostosa de assistir, poderiam fazer mais animes assim, quando terminei de ver dormir e acordei chorando, para mim um clássico, fico até chateado por certos comentários negativos sobre a série, mas é a opinião de cada um e respeito, mas é uma ótima série, yuki, mirai, mari e os outros já são para mim personagens inesquecíveis, além desse anime tbm sujiro karekano, ashiteruze baby, barefoot gen, hotaru no haka, e torinari no totoro.

Comentários encerrados.

 
%d blogueiros gostam disto: