Umi Monogatari – 01

A história começa bem como diz a premissa mesmo. Marin encontra um anel que foi jogado no oceano e decide entregar ele para o dono, para desespero da sua irmã mais nova Urin, que diz que eles não devem ir para o “céu” porque quem vai para lá não volta. A loira diz que um anel tão bonito não tem como pertencer a uma pessoa ruim e decide ir mesmo assim. Ao chegar lá elas se encontram numa ilha na qual no momento está sendo realizado um festival. Após algumas desventuras elas encontram Kanon, a dona do anel, que tinha jogado fora depois de terminar com o seu ex. Elas tentam se acertar, e algumas das palavras da Marin chegam a fazer a Kanon pensar duas vezes antes de jogar o anel fora de novo, logo após ver o seu ex com outra menina. Marin sai em busca do anel perdido e Urin manda a Kanon pastar por ser tão insensível, antes de ir atrás da irmã.
Algum tempo depois, Marin ainda procurando o anel de bunda pra cima, atraindo o olhar de todos a sua volta para ela. Sério, durante todo o episódio, fora a óbvia semi-roupa que as duas estavam usando, não teve nada de fanservice. O episódio serviu mais para apresentar os personagens principais do que outra coisa, sendo que Kanon ainda manteve um certo ar de mistério de como ela é realmente. Urin, que seria aparentemente a cabeça pensante da dupla com a sua irmã, no final, faz algo que ficou fora do normal para o personagem dela até então ao meu ver. Agindo por impulso ela liberta um espírito/fantasma/yokai/coisa nebulosa preta que acaba se apossando do anel que ela tinha acabado de encontrar. Marin logo de cara percebesse ser a típica pessoa ingênua para o mundo, com o coração aberto, jogando as outras fora dos eixos em mais de um momento.
Falando da produção do episódio, não tenho muito do que reclamar. Animação normal, sem muito movimento ou detalhamento no plano de fundo, e com o character design um pouco abaixo da média pro meu gosto, principalmente quando elas entram em SD. A trilha sonora é, pode-se dizer, típica de filmes e animes que envolvem cenas no fundo do mar, com algumas peças em piano muito boas. As seiyuus não fizeram nada demais até o momento, até porque no meu entender o desenvolvimento dos personagens depende muito do Seiyuu e não vi nada demais nesse episódio. Ainda não consegui decidir se gostei ou não então vou dar mais um ou dois episódios para esse anime pra ver pra onde as coisas vão.

Op – “violet” by marble

Ed: “Toumei na Inori” by Masumi Itou
Anúncios

~ por Sniperk em 25/06/2009.

 
%d blogueiros gostam disto: